Amazon RDS

Performance e disponibilidade de bancos de dados de categoria comercial - pay as you go.

Solução Veezor para Amazon RDS

O Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) facilita a configuração, a operação e a escalabilidade de bancos de dados relacionais na nuvem. O serviço oferece capacidade econômica e redimensionável e automatiza tarefas demoradas de administração, como provisionamento de hardware, configuração de bancos de dados, aplicação de patches e backups. Dessa forma, você pode se concentrar na performance rápida, alta disponibilidade, segurança e conformidade que os aplicativos precisam.

O Amazon RDS está disponível em vários tipos de instância de banco de dados – com otimização para memória, performance ou E/S – e oferece seis mecanismos de bancos de dados comuns, incluindo Amazon Aurora, PostgreSQL, MySQL, MariaDB, Oracle Database e SQL Server. Você pode usar o AWS Database Migration Service para migrar ou replicar facilmente bancos de dados existentes para o Amazon RDS.

Amazon Aurora

O Amazon Aurora é um banco de dados relacional totalmente gerenciado e compatível com MySQL. Criado para a nuvem, combinando a performance e a disponibilidade de bancos de dados comerciais avançados com a simplicidade e a economia de bancos de dados de código aberto, a plataforma oferece aos usuários 5x mais performance que um banco de dados MySQL tradicional. A maioria dos bancos relacionais não foram desenhados para a nuvem, possuindo várias camadas de funcionalidades em uma pilha monolítica. Quando as organizações tentam escalar esses bancos acabam reproduzindo a mesma arquitetura, gerando problemas de disponibilidade, custo, flexibilidade e perfomance. A Veezor e o Amazon Aurora resolvem todos esses problemas e pode ajudar a sua empresa a crescer sem limitações de banco de dados. 

Por que tantas empresas estão usando Amazon Aurora?

  • SGBD totalmente gerenciado significa menos trabalho, mais facilidade de uso, gerenciamento e monitoramento

  • Armazenamento de escalabilidade automática e tolerante a falhas

  • Endpoints especializados em escrita e leitura

  • Alta disponibilidade e resiliência com múltiplas réplicas e backups automáticos